Apoio domiciliário

O envelhecimento daqueles de quem gostamos não tem, necessariamente, de ser um processo doloroso ou stressante.  Como nos é aconselhado no livro “Os meus pais estão a envelhecer” (ver crónica
http://home24.com.pt/os-meus-pais-estao-a-envelhecer/ ) quando se aperceber que o seu pai ou a sua mãe estão a precisar de alguma ajuda pontual nas actividades de vida deve começar a procurar ajuda. Isto porque, a devida antecedência, vai permitir-lhe avaliar a situação e explorar as várias opções. Pode ser necessário apenas um apoio pontual para ajudar nas compras, na confecção das refeições ou até mesmo uma companhia para o período em que o resto da família está a trabalhar. O essencial é ir pensando, com calma, qual é a solução que mais de adequa à necessidade do momento para que mais tarde (quando houver uma deterioração do quadro geral) não tenha de andar a correr em stress para encontrar uma solução e aconteça que a mesma seja desadequada. E é por esta razão que os nossos serviços são tão variados. Porque compreendemos que cada caso é único e cada cliente tem as suas necessidades especificas. A avaliação que por norma é realizada permite, juntamente com o cliente e a sua família, chegar ao número de horas e ao conjunto de tarefas necessárias para o bem-estar do idoso. Somos flexíveis para que o nosso objectivo principal seja cumprido: melhorar a qualidade de vida do cliente. Só através do respeito pela história de vida, pelo espaço e pela rotina do cliente conseguindo, pouco a pouco, melhorar a sua qualidade de vida em parceria com a família é que podemos realmente fazer um bom trabalho.